Home English

Conquistas que saltam aos olhos

O conjunto de realizações do Instituto C&A no exercício orçamentário de 2010/2011, período compreendido entre março de 2010 e fevereiro de 2011 e de que trata este relatório, é apresentado de forma detalhada nas seções dedicadas a cada um de seus seis programas. Acompanhe, aqui, alguns destaques do trabalho.

Uma visão panorâmica dos investimentos
Em 2010/2011, o Instituto C&A estabeleceu relações diretas de parceria com 126 organizações sociais, que culminaram com a execução de 133 projetos. Em sua totalidade, as ações desenvolvidas nesses projetos chegaram a 101.726 crianças (0 a 12 anos); 35.876 adolescentes (13 a 17 anos); 4.234 jovens (18 a 25 anos); 13.565 familiares; 41.894 outras pessoas envolvidas com os projetos apoiados; 363 creches e pré-escolas; 778 escolas; 5.286 professores; 2.102 educadores; 3.907 lideranças sociais; e 362 outras instituições. O trabalho envolveu, ainda, 4.634 voluntários. O orçamento institucional totalizou R$ 15.181.000,00, dos quais 73% foram direcionados aos programas, 20% à área administrativa e 7% à comunicação focada na causa da educação de crianças e adolescentes.

O programa Educação Infantil e o projeto Paralapracá
Em agosto de 2010, após cerca de dois anos de estudos e reformulação, o Instituto C&A apresentou publicamente o novo formato do programa Educação Infantil. A principal novidade foi o lançamento do projeto Paralapracá, frente de formação de professores da educação infantil com dois âmbitos de atuação: a formação continuada de professores e o acesso a materiais pedagógicos de qualidade, tanto para crianças quanto para professores. Cinco municípios da região Nordeste participam do projeto Paralapracá: Campina Grande (PB), Caucaia (CE), Feira de Santana (BA), Jaboatão dos Guararapes (PE) e Teresina (PI). A ação é desenvolvida em parceria com as Secretarias de Educação desses municípios, abrangendo cerca de 1,1 mil professores e 18 mil crianças.

Programa Prazer em Ler leva mais leitura à escola
Em 2010/2011, 22 escolas de São Paulo (SP), Rio de Janeiro (RJ), Paraty (RJ) e Natal/Parnamirim (RN) implementaram projetos de leitura selecionados pelo Instituto C&A em 2009 por meio do concurso Escola de Leitores. O concurso é uma ação do programa Prazer em Ler e seu objetivo é mobilizar as comunidades escolares para a implantação, aprimoramento e consolidação de projetos de promoção da leitura e de formação de leitores nas redes públicas de educação. Além de receberem acompanhamento pedagógico durante o ano de 2010, 41 professores das escolas vencedoras do concurso participaram de um intercâmbio na Colômbia, país conhecido por seu sistema de bibliotecas públicas.

O novo programa Redes e Alianças
O programa Redes e Alianças foi lançado oficialmente pelo Instituto C&A em abril de 2010, após operar por cerca de dois anos em caráter piloto. Seu objetivo é promover a cooperação, a convergência e a multiplicação de esforços entre organizações e pessoas, de modo a contribuir para a garantia dos direitos da criança e do adolescente no Brasil. A nova frente de ação combina reflexões recentes no campo das redes com a experiência de quase duas décadas de atuação do Instituto C&A no suporte à formação de grupos de instituições sociais. Cinco projetos receberam o apoio do programa em 2010/2011.

Programa Voluntariado abre-se para o mundo
Em 2010/2011, o programa Voluntariado consolidou a forma de atuar introduzida em 2009, agora com parceiros próprios, vinculados estritamente aos grupos de voluntários do Instituto C&A, e não a outros programas da instituição como era no passado. Dentro do novo regime, o programa Voluntariado levou o trabalho de seus voluntários a 89 organizações sociais das diversas regiões do Brasil. À parte as evoluções no plano operacional, o programa ganhou maturidade, participando de instâncias de reflexão maior sobre o tema, como o Conselho Brasileiro de Voluntariado Empresarial (CBVE) e o Conselho de Voluntariado Empresarial Global (GCVC). E, por fim, foi um dos objetos de pesquisa do "Estudo sobre voluntariado corporativo de empresas globais – O estado da arte do voluntariado empresarial", lançado pelo GCVC em janeiro de 2011, em Cingapura (Ásia). O estudo, bem como a experiência do Instituto C&A com o voluntariado empresarial, foi apresentado por ocasião da 21ª Conferência Mundial de Voluntariado da International Association for Volunteer Effort (Iave).

Novos reconhecimentos públicos ao trabalho
Em 2010/2011, o Instituto C&A recebeu duas novas distinções. Em abril de 2010, foi laureado com o Troféu Amigo do Livro, atribuído pela Câmara Rio-Grandense do Livro (CRL) como reconhecimento ao trabalho de promoção da leitura desenvolvido por meio do programa Prazer em Ler. Em maio de 2010, o Instituto C&A foi homenageado pela Associação Brasileira de Magistrados e Promotores de Justiça da Infância e da Juventude (ABMP) por sua contribuição para a garantia dos direitos humanos das crianças e adolescentes. Foi a segunda vez que o Instituto C&A recebeu tal distinção.

Este relatório é uma publicação do Instituto C&A.
X
Coordenação
Paulo Castro

Edição
Sandra Mara Costa

Compilação de dados
Adriana Fonseca

Textos
Felipe Porciúncula
Luciana Lino

Revisão
Mauro de Barros

Tradução e revisão de língua inglesa
Andrew McDonnell

Criação e montagem
Studio 113

Fotografias
Paulo Leite


Agosto de 2011